Comissão militar deve julgar presos em Guantánamo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 11 de novembro de 2003 as 04:45, por: cdb

O ministro das Relações Exteriores da Austrália, Alexander Downer, afirmou nesta terça-feira que os supostos terroristas australianos detidos na base naval americana em Guantánamo, em Cuba, devem ser julgados por uma comissão militar. 
 
Downer, que está em Londres, reconheceu em entrevista à rádio australiana ABC que os australianos David Hicks e Mamdouh Habib, presos em Guantánamo desde 2001 ‘não devem ser abandonados no limbo’. Mas o chefe da diplomacia australiana destacou que ambos ‘treinaram com a Al-Qaeda, a pior organização terrorista do mundo e me alegra que este tipo de gente não possa passear pelas ruas australianas’.

O ministro afirmou que a decisão está nas mãos dos tribunais americanos e assim ‘teremos que esperar e ver o que acontecerá, não vamos dar nenhuma opinião a respeito’.