Comissão de Duplicação da ERS 040 se reúne para discutir pedágio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 19 de abril de 2012 as 14:22, por: cdb

Nesta quinta-feira (19), a Comissão de Duplicação da ERS 040 – formada por membros da administração municipal, empresários e representantes de entidades civis – se reuniu no Gabinete do Prefeito. O tema principal do encontro foi discutir quais as perspectivas do município com relação ao pedágio.

Estiveram presentes o prefeito Alex Boscaini, o secretário de Gestão e Relações Institucionais, Robinson Duarte, o secretário de Transporte e Trânsito, Adroaldo Luvizeto, o diretor de Transportes, Mauro Alves, o ex-secretário de Agricultura e Abastecimento, Geraldo Oliveira, e o ex-secretário de Transporte e Trânsito, Nelson Souza. Também participaram o empresário Henrique Feijó, o diretor do jornal Folha da Terra, Baltasar Molina, e o representante da Associação de Moradores do Morro Grande, José Barbat.

Segundo Boscaini, “o foco dessa comissão é promover o debate público com relação à ERS 040, especialmente sobre a questão do pedágio. Nós precisamos deixar claro para o governo do Estado que o povo viamonense está se mobilizando”. Ele ainda ressaltou que “temos que estar interados do assunto e esclarecer a população para evitar que ela seja prejudicada. Temos o dever de promover o debate”. A comissão debateu sobre a renovação do consórcio do pedágio instalado no município. De acordo com Duarte, “O ideal é que o pedágio se mude para o limite entre Viamão e Capivarí do Sul. Também temos que avaliar quais opções de renovação trarão melhorias para a via”. Na reunião foram apresentados laudos técnicos sobre como é o funcionamento atual do pedágio. De acordo com esses estudos, o atual sistema de gestão é por polos, tendo a arrecadação de uma praça de pedágio direcionada não somente para a própria área dessa praça, mas também para outros polos. Segundo os integrantes da reunião, o sistema ideal seria o comunitário, no qual o valor arrecadado é aplicado na região da própria praça.

O que ficou acertado na reunião

Todos os presentes chegaram ao acordo de que o melhor para o município seria a transferência do pedágio para o limite entre Viamão e Capivarí do Sul. Também ficou acertado que a população, candidatos políticos e membros da administração pública e da sociedade em geral devem participar do debate sobre o novo modelo de pedágio, na formação do edital do consórcio e quais benefícios serão gerados para a rodovia.

Além disso, serão organizadas assembleias com a comunidade, para discutir o assunto e elucidar a população sobre quais as perspectivas futuras para o pedágio e realizando um diálogo sobre o assunto. A primeira reunião será no dia 18 de maio, às 19 horas – ainda não há local definido, mas ela deve ocorrer na região de Águas Claras.

Texto e fotos: Guilherme Not

####