Começa a campanha Nacional da Audição

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 19 de setembro de 2004 as 18:40, por: cdb

A Associação Brasileira de Otologia inicia, nesta segunda-feira, a Campanha Nacional da Audição. A data coincide com as comemorações do Dia do Idoso, que é o público-alvo da campanha. Segundo a associação, cerca de 70% das pessoas com 65 anos ou mais no país, quase 10 milhões de idosos, têm deficiência auditiva e não procuram assistência médica por preconceito.

De acordo com o otorrinolaringologista Jorge Leite, o objetivo da campanha é promover ações de conscientização em todo o país para desmistificar os tabus que envolvem a deficiência auditiva e melhorar a qualidade de vida de quem sofre com o problema.

– Com a idade avançada, a pessoa começa a apresentar um processo natural de envelhecimento de seus órgãos, incluindo o ouvido, o nervo auditivo e as vias auditivas no sistema nervoso central. Ocorre que a surdez é vista com preconceito, e muitas pessoas que não escutam chegam a dizer que preferiam ser cegas, porque a surdez causa mais solidão do que a cegueira. A campanha deste ano começa exatamente no dia 20 de setembro, quando se comemora o Dia do Idoso, e com este gancho pretendemos conscientizar mais pessoas a procurarem seus médicos – acrescentou Jorge Leite.

O médico, que também é professor adjunto do Hospital Universitário Gafrée Guinle, enfatiza que a população pode procurar os hospitais públicos, que têm especialistas para o atendimento ambulatorial e equipamentos para a realização de testes auditivos.