Comando russo matou 11 guerrilheiros separatistas em uma semana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 21 de abril de 2003 as 08:15, por: cdb

Pelo menos 11 guerrilheiros islâmicos morreram em combate em várias regiões da Chechênia e outros quatro foram feitos prisioneiros na semana passada, informou nesta segunda-feira, o comando das tropas federais mobilizadas nesta república separatista russa.

Nesse mesmo período, a guerrilha separatista lançou 29 ataques contra posições e quartéis das tropas federais, disse à agência Interfax um porta-voz militar, que não informou sobre baixas no efetivo russo.

Segundo o site dos separatistas, Kavkaz-Center, pelo menos 17 policiais e soldados russos morreram na última terça-feira numa emboscada junto à base militar de Khankala, nos arredores de Grozni, capital da Chechênia.

Fontes policiais em Moscou anunciaram nesta segunda que um tenente-coronel da polícia morreu e outros cinco oficiais ficaram feridos esta madrugada num tiroteio em Argun, a terceira cidade mais importante da Chechênia, 15 quilômetros ao leste de Grozni.

Os agentes foram atacados com lança-granadas e armas leves, quando patrulhavam a cidade.