Nicholas Santos passa à semi com melhor tempo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de dezembro de 2012 as 13:45, por: cdb
Santos
Com 22s40, Nicholas Santos igualou o recorde do venezuelano Alberto Subirats

Nicholas Santos sobrou nas eliminatórias dos 50m borboleta. Na manhã desta sexta-feira, ele marcou 22s40, igualou o recorde de campeonato que o venezuelano Alberto Subirats fez no último Mundial, em Dubai 2010, e vai à semifinal com o primeiro tempo da prova.

– Não esperava. Minha ideia era fazer agora na casa dos 22s50, mas aí vi que está sobrando e à noite vou tentar fazer uma passagem que me coloque nos 21 segundos na final. Esse é meu grande objetivo pessoal – disse.

Caso consiga atingir sua meta terá superado seu próprio recorde sul-americano da prova, 22s16, feito na etapa da Copa do Mundo em 25 metros de Cingapura, em novembro de 2009, ainda no tempo dos maiôs tecnológicos.

A prova alvo de Nicholas por toda a vida foi a dos 50m livre, mas para esta competição ele  resolveu pela primeira vez priorizar os 50m borboleta, prova que sempre nadou bem, mas nunca treinara especificamente para ela. Muito concentrado nesta meta, ele desistiu de participar da semifinal dos 50m livre, que aconteceu na noite de quinta- feira e para a qual se classificou com o sexto tempo, justamente porque a final cairia junto com a semi dos 50m borboleta e poderia prejudicar seu resultado.

– Resolvi sair um pouco da “zona de conforto” e fazer algo diferente. É sempre um desafio, um risco, mas quero muito ter um resultado excelente nos 50m borboleta e essa foi a estratégia acertada com o Albertinho (Alberto Silva, treinador) – disse logo após as eliminatórias dos 50m livre.

Abaixo do brasileiro, ao menos nas eliminatórias, tempos mais distantes do recorde. O sul-africano Chad Les Clos (22s78), ouro olímpico nos 200m borboleta em Londres, e o bielorrusso Yauhen Tsurkin (22s98). Kaio Márcio também estará na semifinal, com o 11º tempo (23s21).

O pódio dos 100m costas terminou no topo das eliminatórias dos 50m, mas não na mesma ordem. Depois do bronze nos 100m costas, Guilherme Guido voltou à piscina para as eliminatórias dos 50m do mesmo estilo e saiu com o segundo tempo para a final (23s48). O vencedor dos 100m, o americano Mathew Gravers, saiu com o melhor tempo (23s28) e o russo Stanislav Donets (23s49), prata nos 100m, foi o terceiro.

Desta vez a bandeirinha brasileira apareceu mais de uma vez na primeira tela de classificados, pois Daniel Orzechowski, terceiro em sua bateria, também vai à fase seguinte com a sétima posição geral (28s64).

– Para a parte da manhã foi bom pra classificar. À noite tem tudo pra melhorar – resumiu Guido.

O revezamento 4x100m medley feminino (3m57s66) ficou com a 10ª posição e portanto fora dos oito finalistas. O time foi composto por Fabíola Molina (59s19); Beatriz Travalon (1m07s46); Daynara de Paula (57s69); e Larissa Oliveira (53s32). Beatriz Travalon, na prova individual dos 100m peito, e Thiago Simon, nos 200m medley, também não se classificaram para a fase seguinte. Beatriz foi 28ª (1m08s21), e Thiago 27º (1m59s68).

Semifinais e finais – 14/12 – 15h00

15h00 – Semifinal 50m costas masculino (Guilherme Guido e Daniel Ozerchowski)
15h09 – Final 100m livre feminino (sem brasileiras)
15h14 – Semifinal 50m borboleta masculino (Nicholas Santos e Kaio Márcio)
15h23 – Final 200m costas feminino (sem brasileiras)
15h43 – Final 50m borboleta feminino (sem brasileiras)
16h09 – Semifinal 100m peito feminino (sem brasileiras)
16h25 – Final 400m livre feminino (sem brasileiras)
16h40 – Final 50m livre masculino (Sem brasileiros)
16h52 – Final 100m medley feminino (sem brasileiras)
17h04 – Final 200m  medley masculino (sem brasileiros)
17h16 – Final 4x100m medley feminino (sem brasileiras)

Programa de provas (Eliminatórias)

15/12 – Sábado – 50m costas feminino (Fabíola Molina e Etiene Medeiros) / 100m livre masculino (Guilherme Roth dos Santos) / 100m borboleta feminino (Daynara de Paula) / 100m medley masculino (Thiago Simon) / 50m livre feminino (Flavia Delaroli Cazziolato e Alessandra Marchioro) / 200m medley feminino / 50m peito masculino (João Gomes Junior e Felipe Lima) / 4x100m livre feminino

16/12 – Domingo – 200m costas masculino / 200m peito feminino (Beatriz Travalon) / 200m borboleta masculino / 200m livre feminino / 4x100m medley masculino/ 1500m masculino.