Com alta do desemprego, Bush defende seu plano de corte de impostos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 2 de maio de 2003 as 16:00, por: cdb

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, defendeu nesta sexta-feira seu plano de corte de impostos em discurso em fábrica da United Defense na cidade californiana de Santa Clara.

“Não é justo para o governo federal taxar algo duas vezes”, declarou ele, ao argumentar em favor de proposta de eliminação de imposto individual sobre dividendos corporativos.

Plano de corte impostos de US$ 550 bilhões da liderança republicana, que pode ser aprovado na próxima semana, cortará ganhos de capital e impostos sobre dividendos, mas não vai eliminá-los.

Bush afirmou que o crescimento da taxa de desemprego dos EUA para 6% em abril demonstra que o Congresso deve aprovar rápido seu pacote de “empregos e crescimento”.

Para o presidente americano, ser “tímido” no que diz respeito a estímulos é um caminho errado para se manter a dívida do governo sob controle.