Coluna do Sérgio Nogueira Lopes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 5 de outubro de 2004 as 12:52, por: cdb

A festa continua
 
Numa festa de última hora, brasileiros e brasileiras foram às urnas ingenuamente eleger prefeitos e vereadores para os 5.504 municípios. O Brasil gasta mais de 6 bilhões por ano só com as câmaras municipais e 40% dos municípios são deficitários. Por medida de economia para o bolso do trabalhador deveriam simplesmente sumir do mapa. Numa reforma como esta ninguém fala.
 
 
Sem desculpas

Permanece um clima tenso entre a governadora Rosinha e o presidente da Firjan, Eduardo Gouvêa Vieira. Tudo começou há cerca de um mês, quando Eduardo organizou com o jornal O Globo um seminário sobre desenvolvimento econômico do Estado e só fez o convite à governadora na última hora, que foi recusado. Segunda-feira, o representante do empresariado se aproximou da governadora, que o cumprimentou protocolarmente na feira Rio Oil & Gas. O silêncio que se fez na roda onde a governadora conversava foi constrangedor
 
Eta mergulho bom!
 
Quinta-feira é dia da população de São Gonçalo inaugurar seu piscinão com um mergulho primaveril. Dizem que 9 mil Gonçalenses poderão se atirar na piscina ao mesmo tempo. Com o calor que se anuncia e a aridez daquelas terras vai ser um festão. Um fotógrafo da coluna estará de plantão por lá.
 
Espanta arrastões
Os convidados vips da sessão do Festival do Rio na Praia de Copacabana, sábado à noite, não tiveram sossego. O disse-me-disse era de que um grupo de pivetes estava em ação, meio à multidão. A areia estava cheia de crianças. A guarda municipal conteve o tumulto. 

Comprando menos
Segundo o Serviço de Proteção ao Crédito os brasileiros estão comprando menos e pagando à vista. Ainda bem, porque os juros dos cartões e similares são uma vergonha. Mas não se surpreendam. Isto é apenas efeito do recebimento de parte do 13º salário e da última parcela do FGTS. A partir de janeiro próximo começa a choradeira. 
 
Solidariedade
Até o fillho do líder  líbio Muammar Kadafi está tentando libertar o engenheiro britânico Kenneth Bigley que está ameaçado de ser decapitado por seus captores no Iraque. Saif Kadafi disse acreditar que os próximos dois dias serão cruciais para o destino do refém. “Temos bons contatos no Iraque. Temos amigos em hospitais, líderes tribais e estamos falando com eles. As próximas 48 horas serão cruciais para Bigley – disse o filho do ex- ínimigo público número um do ocidente.