Coluna do Sérgio Nogueira Lopes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 9 de setembro de 2004 as 13:13, por: cdb

Brasil na moda

O Brasil está na moda na Alemanha. A revelação é do ministro Graf Waldersee, da Embaixada da Alemanha no Brasil, que adiantou que o consumidor alemão se interessa por gêneros alimentícios sem agrotóxicos e no setor de fruticultura cresce a demanda por produtos orgânicos. E no Brasil, acrescentou, “a mesa está repleta de frutos tropicais”. Bem-humorado, Waldersee disse que a moda se estende também, “com entusiasmo”, ao samba e à caipirinha.

Mini-escândalo

A diva hollywoodiana Nicole Kidman provocou “ohs” e “ahs” em Veneza, como a frágil e jovem viúva que acredita que um menino de dez anos é a reencarnação do seu marido morto, na première mundial de “Birth”. O perturbador filme do diretor Jonathan Glazer já estreou acendendo a polêmica com cenas provocantes, que mostravam Kidman e o menino na banheira juntos. Em outro “take”, a personagem de Nicole, Anna, beija docemente o jovem Sean depois de se convencer que é ele é mesmo o marido morto.

Davi

A Itália está em festa. Quinhentos anos depois, a estátua de Davi, o ícone de beleza masculina renascentista, foi mostrada ao público em Florença pela primeira vez e os italianos deram início a um ano de eventos para celebrar a data. Haverá shows, fogos de artifício, conferências e exposições. E, claro, uma camiseta oficial dos 500 anos de Davi. ” Nós queremos que o aniversário de 500 anos incentive o debate, desafie as pessoas sobre o que a arte é hoje, não somente sobre o que era há 500 anos – afirmou Antonio Paolucci,  superintendente de museus da cidade e responsável pelos eventos.

Negociando
O governo já está tentando negociar as votações de algumas propostas durante o próximo esforço concentrado do Congresso Nacional. O ministro da Coordenação Política, Aldo Rebelo, almoçou com o senador Ney Suassuna (PMDB-PB) e pôs em pauta a votação do projeto de lei de Biossegurança. Suassuna é relator do projeto em três comissões técnicas do Senado, a de Assuntos Econômicos, e de Assuntos Sociais  e a de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Vitória

O Ministério das Relações Exteriores deve divulgar, nos próximos dias, nota oficial sobre a decisão final da Organização Mundial do Comércio (OMC) confirmando que os subsídios concedidos pela União Européia (UE) na produção e exportação de açúcar violam as regras internacionais de comércio. O bloco europeu ainda pode recorrer da decisão, mas dificilmente conseguirá reverter o resultado da ação movida por Brasil, Austrália e Tailândia. O argumento é que tais práticas estariam provocando distorções no mercado mundial do produto. Ponto para o Brasil.

Diagnóstico da Justiça

Em busca de agilidade e eficiência, o Supremo Tribunal Federal comanda a preparação de um diagnóstico com todos os gargalos e problemas estruturais existentes no poder judiciário – justiças estaduais, federal, trabalhista, eleitoral e militar. O documento ficou conhecido como “Mapa do Judiciário” e deve estar pronto em até seis meses. A análise está baseada em três pontos básicos: avaliação da quantidade de recursos financeiros para detalhar dotações e insumos aplicados em todo o sistema; as dependências das decisões judiciais para detalhar o grau de litigiosidade e carga de trabalho entre magistrados e funcionários; por fim, serão avaliadas as condições de acesso à justiça no país.

Educação

 O secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação, Ricardo Henriques, está participando, em Porto Alegre, do Fórum Nacional de Alfabetização de Jovens e Adultos. Mais de mil especialistas vão discutir, até sábado, os rumos dos programas do governo para reduzir o analfabetismo. Os principais temas são a qualificação de professores e a continuidade do processo de alfabetização. O encontro marca também o Dia Internacional da Alfabetização.