Columbia apresentava imperfeições técnicas desde 1981

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 23 de fevereiro de 2003 as 18:05, por: cdb

O ônibus espacial Columbia desenvolveu desde 1981 um histórico de problemas recorrentes antes de desintegrar-se sobre os céus de Texas em 1 de fevereiro, informa hoje, domingo, o diário “The Washington Post”.

O Columbia, o mais antigo da frota de naves da Nasa, se desintegrou quando faltavam 16 minutos para sua aterrissagem, causando a morte de seus sete tripulantes.

Segundo o diário, o Columbia registrou diversos tipos de problemas técnicos ou mecânicos em 20 de suas 28 missões, a primeira em 1981, seja durante sua decolagem ou estando em órbita.

Com base numa extensa revisão de documentos da Agência Espacial dos EUA (Nasa) e entrevistas com especialistas, o diário informou que esses problemas fizeram com que o Columbia registrasse mais atrasos que nenhuma outra nave.

Entre 1996 e 1999, a nave espacial realizou pelo menos cinco missões, apesar dos problemas que só por circunstâncias “providenciais” evitaram graves danos e, em outra ocasião, o olho clínico de um funcionário detectou a tempo outras imperfeições, segundo a análise do diário.

Como agravante, umas 350 páginas revelam que em mais de uma década a Nasa permitiu que o Columbia evitasse vários controles e operações de manutenção obrigatórios porque os inspetores queriam evitar demoras nas viagens programadas, acrescenta o “Washington Post”.

O diretor da Nasa, Sean O’Keefe, prometeu que os EUA retomarão as missões das naves espaciais e averiguarão a fundo o acidente do Columbia.

No último dia 12, O’Keefe disse numa audiência de um comitê conjunto do Senado e da Câmara de Representantes que o Columbia não havia mostrado problema algum, durante sua missão de 16 dias, que ameaçasse sua segurança ou a vida de seus tripulantes antes da aterrissagem.

Segundo investigações preliminares, os problemas de aquecimento, ocorridos quando a nave reentrava na atmosfera terrestre, não causaram alerta entre os controladores de vôo do Columbia minutos antes que o aparelho se desintegrasse.