Colômbia destitui 69 policiais por corrupção

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 29 de novembro de 2003 as 20:30, por: cdb

O novo diretor da polícia da Colômbia, general Jorge Daniel Castro, destituiu 69 policiais rodoviários suspeitos de envolvimento em atividades ilegais, duas semanas depois de ter assumido o cargo em meio a um escândalo de corrupção.

“Separamos 69 policiais. Havia uns problemas de disciplina, imoralidade e desonestidade”, disse o militar em declarações a jornalistas na noite de sexta-feira.

Trata-se da primeira ordem de afastamento decretada pelo recém empossado diretor de polícia, que assumiu o cargo em meados de novembro, depois que seu sucessor, general Teodoro Campo, renunciou em meio a uma série de escândalos de corrupção na corporação.

Antes de nomear Castro como diretor da polícia, o presidente Alvaro Uribe destituiu outro general da polícia supostamente envolvimento no desvio de dinheiro de um fundo secreto destinado para o pagamento de informantes.

A polícia colombiana, força que lidera a luta antidrogas no país com o apoio dos Estados Unidos, passou por vários escândalos de corrupção no últimos 18 meses.