COI se diz próximo de acordo com patrocinadores olímpicos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010 as 11:05, por: cdb

O Comitê Olímpico Internacional (COI) negocia com cerca de dez possíveis patrocinadores importantes, e um acordo pode ser assinado com um ou dois deles, disse nesta quinta-feira o diretor de marketing da entidade, Gerhard Heiberg.

– Não se nega que tivemos alguma dificuldade por causa da crise financeira mundial. Mas as coisas melhoraram, sentimos que estamos em um terreno mais firme – disse Heiberg numa sessão do COI.

– Temos discussões com 10-12 empresas aqui e tomara que possamos trazer algumas delas, uma ou duas delas, para tornar o faturamento um pouco mais alto – disse.

O COI atualmente tem nove grandes patrocinadores para as Olimpíadas de Vancouver-2010 e Londres-12, num valor total de US$ 883 milhões. A entidade esperava chegar a US$ 1 bilhão, com 10 ou 11 patrocinadores, antes dos Jogos de Inverno de Vancouver, que vão de 12 a 28 de fevereiro.

O programa de patrocínios do COI para um pacote que abrangia os Jogos de Turim-06 e Pequim-08 resultou em um faturamento de US$ 866 milhões.

Detalhes financeiros desses contratos não são divulgados, mas grandes empresas costumam pagar cerca de US$ 100 milhões em dinheiro e permutas pelo direito de estar entre os principais patrocinadores olímpicos num período de quatro anos, o que inclui uma Olimpíada de Inverno e uma de Verão.

Os grandes patrocinadores confirmados para os Jogos de Vancouver e Londres são: Coca-Cola, Acer, Atos Origin, GE, McDonald’s, Omega, Panasonic, Samsung e Visa.

Atos Origin, Panasonic e Samsung já ampliaram seus patrocínios até a Olimpíada do Rio-16. Coca-Cola, Visa e Omega prorrogaram os seus até 2020.