Código Florestal passou na Câmara sem que deputados conhecessem o texto, afirma Sarney Filho 

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de agosto de 2011 as 10:20, por: cdb

O deputado Sarney Filho afirmou que, na Câmara dos Deputados, a proposta de atualização do Código Florestal (PLC 30/11) foi votada sem muito conhecimento do texto pelos deputados. Ele respondeu a questionamento do senador Paulo Davim (PV-RN) sobre a forma como a proposta foi tratada naquela Casa.

Sarney filho disse que na Câmara, instituições como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), não foram ouvidas em razão da condução de setores interessados na aprovação do texto da forma como está. Ele disse que a bancada ruralista na Câmara é muito grande e influente e, como exemplo, informou que, na legislatura passada, a Comissão de Meio Ambiente tinha em seu quadro maior número de deputados ruralistas do que de ambientalistas.

O deputado informou que a aprovação pela Câmara já está sendo interpretada como permissão para desmatar sem que haja punição. Ele disse esperar que o Senado mude essa realidade, ao discutir amplamente o assunto, como tem feito.

Ele falou em audiência conjunta das comissões de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), Meio Ambiente (CMA) e Ciência e Tecnologia (CCT).

Mais informações a seguir

Da Redação / Agência Senado