CNBB elogia Plano Nacional de Reforma Agrária

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 25 de novembro de 2003 as 20:08, por: cdb

O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Geraldo Majella Agnelo, declarou nesta terça-feira seu apoio ao Plano Nacional de Reforma Agrária, que promete assentar meio milhão de famílias até o fim do governo.

Dom Geraldo se reuniu com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, e disse que é preciso dar condições de produção aos agricultores familiares e não apenas distribuir terras, como foi feito no passado.

– Demonstramos o nosso apoio a todos os esforços para uma reforma agrária em que não seja, simplesmente, de distribuição de terra, mas que tenha uma política que ajude o homem a se fixar, a viver dignamente no campo – disse o presidente da CNBB.

Dom Geraldo Majella lembrou que o problema agrário brasileiro tem pelos menos 500 anos e disse que a CNBB apóia toda iniciativa que busque o aproveitamento do imenso território brasileiro em benefício do povo.

Das mais de 500 mil famílias assentadas entre 1995 e 2002, 90% não têm abastecimento de água, 80% não possuem energia elétrica e acesso a estradas e 53% não receberam qualquer tipo de assistência técnica.

– De maneira nenhuma iremos reproduzir um modelo de abandono e exclusão dos assentamentos. Queremos que os assentamentos sejam espaços produtivos e de qualidade de vida, dentro de uma visão de desenvolvimento sustentável e territorial – disse o ministro Rossetto.