Ciro é comunicado por seus aliados que não tem chances nas eleições

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 22 de abril de 2010 as 14:53, por: cdb

O deputado Ciro Gomes (PSB-CE) ouviu de seus principais aliados, em uma reunião nesta quinta-feira, em Brasília, que sua candidatura à sucessão presidencial está praticamente inviabilizada. O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que também é presidente do PSB, e o vice-presidente do partido, Roberto Amaral, durante o encontro, apresentaram a Ciro os mapas na maioria absoluta dos Estados brasileiros onde o partido não tem alianças.

Na próxima terça-feira, a executiva do PSB se reúne para anunciar a retirada da candidatura de Ciro. Segundo analistas políticos e integrantes do Partido Socialista, Ciro não conseguiu minar a candidatura de José Serra (PSDB-SP), o que o distanciou da corrida presidencial. Ainda de acordo com estas fontes, Ciro também encerrou suas chances de ocupar o cargo de vice-presidente na chapa de Dilma Rousseff (PT-RS).

Ainda nesta quinta-feira, o presidente Lula toma conhecimento do afastamento de Ciro na reunião agendada com os três governadores do PSB: Eduardo Campos (Pernambuco), Wilson Martins (Piauí) e Cid Gomes (Ceará), irmão de Ciro Gomes. Oficialmente, o tema do encontro são as obras da ferrovia Transnordestina, que estão dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas o novo quadro sucessório também estaria entre as conversas.