Cinco pessoas morrem em estradas gaúchas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 5 de janeiro de 2004 as 03:17, por: cdb

O final de semana registrou cinco pessoas no trânsito, três delas foram causadas por atropelamentos. Outras 17 pessoas ficaram feridas nos acidentes ocorridos nas estradas gaúchas. No último domingo o menino Guilherme Vinícius Ávila Braga, de 11 anos, morreu depois de ter sua bicicleta atingida por um jipe, em Taquara. O acidente ocorreu por volta das 15h, no quilômetro 53 da RS-239.

Em Vacaria, Nilda Matilde Wilpertt, 56 anos, morreu em uma colisão no Km 52,3 da BR-116. O acidente foi por volta das 17h do sábado. Nilda chegou a ser levada para o Hospital Nossa Senhora da Oliveira, mas não resistiu.

Na última sexta-feira, houve duas mortes por atropelamento. Em Caxias do Sul, Agenor Barbosa Ferraz, 60 anos, morreu ao tentar atravessar a BR-116, no km 143,8, na zona urbana da cidade. O acidente aconteceu às 23h30min. O corpo foi arrastado por aproximadamente 30 metros. O veículo envolvido fugiu do local e não há testemunhas. Em Rio Grande, o pastor evangélico Maurício Andrei da Silva Herreira, 43 anos, morreu depois de ser atropelado por um ônibus.

Em Viamão, uma múltipla colisão de veículos contra um búfalo resultou na morte de uma pessoa e em 10 feridos. O acidente ocorreu por volta das 2h de sábado no km 41 da RS-040, que liga Viamão ao Litoral Norte. Três motos e um automóvel colidiram contra o búfalo, sucessivamente. Um motoqueiro, Alexandre de Mattos Ferreira, 22 anos, morreu em conseqüência do acidente. Outras 10 pessoas que estavam no carro e nas motos ficaram feridas.

Em Augusto Pestana, noroeste do Estado, três adolescentes foram atropelados às 5h do domingo, enquanto caminhavam pelo acostamento da rodovia Augusto Pestana/Ijuí (RS-522), próximo ao km 30. Eles foram levados ao Hospital de Caridade de Ijuí. O motorista do veículo, um Fiat Uno vermelho, com quatro portas, fugiu sem prestar socorro.

Em Porto Alegre, quatro pessoas de uma mesma família foram atropeladas na noite de sábado, por um adolescente de 16 anos que dirigia uma moto de um amigo. O acidente ocorreu em uma via da Ilha da Pintada. O motorista estava a uma velocidade duas vezes superior a permitida para o local.