Cientistas são presos no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 22 de dezembro de 2003 as 00:14, por: cdb

As tropas dos Estados Unidos prenderam três cientistas iraquianos, todos professores da Universidade de Bagdá, relacionados aos programas de armas de destruição em massa, disse neste domingo o ministro de Ensino iraquiano, Ziyad Abderrazak. Os cientistas foram detidos na semana passada na capital iraquiana, onde são interrogados pelas autoridades da coalizão.

Abderrazak afirmou que seu ministério enviou uma nota oficial ao Conselho de Governo interino, onde denunciava a prisão de professores e exigia sua imediata libertação. A detenção dos três cientistas ocorreu após a captura do deposto presidente iraquiano Saddam Hussein, no último dia 13.

As tropas dos Estados Unidos continuaram neste domingo e sua campanha contra supostos insurgentes iraquianos no centro do país, e anunciaram que detiveram três homens que atacaram com lança-granadas um comboio militar americano na cidade de Ramadi, a oeste da capital, sem informar sobre vítimas ou danos.

Na cidade de Faluja, cerca de 60 quilômetros a oeste de Bagdá, várias testemunhas disseram que as tropas norte-americanas prenderam hoje vinte jovens em uma operação policial na área, o que não foi confirmado por fontes militares americanas.