Cientistas revelam, em mapa de proteínas, o poder genético das moscas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 6 de novembro de 2003 as 20:10, por: cdb

Cientistas publicaram nesta quinta-feira o primeiro mapa das proteínas de um organismo complexo, no caso uma drosófila, a mosca-das-frutas. Com isso, eles deixaram para trás os gráficos que mostram simplesmente como é o código genético e começaram a explicar o que ele realmente faz.

– Isto é um marco porque uma das coisas que estavam faltando nos avanços do seqüenciamento do genoma era que não sabíamos o que cada gene faz – afirmou Joel Bader, pesquisador da Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, Estados Unidos.

O estudo reuniu várias universidades e a empresa de biotecnologia CuraGen. Os autores disseram que já estão usando os resultados para desenvolver novos medicamentos contra o câncer, doenças cardíacas e diabetes.

–  O que este novo mapa faz é nos dizer quais proteínas conversam com outras e trabalham juntas dentro da célula. Não basta saber quais partes constituem uma célula humana. Você tem que saber quais partes trabalham juntas para cumprir funções determinadas dentro da célula. Isso vai levar a uma melhor compreensão das doenças genéticas, e vai aumentar nosso conhecimento sobre a biologia básica – disse Bader.

O mapa das proteínas da mosca Drosophila melanogaster foi publicado na versão eletrônica da revista “Science”. Essa espécie, muito apreciada por pesquisadores, compartilha muitas coisas com os humanos em termos genéticos, apesar de suas grandes e óbvias diferenças em relação a nós.