Cientistas americanos concluem a soletração do cromossomo 5

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 16 de setembro de 2004 as 04:38, por: cdb

Geneticistas da Universidade Stanfor, nos Estados Unidos concluíram a soletração do cromossomo 5, relacionado a algumas doenças raras. O resultado foi publicado na edição de hoje da revista “Nature”.

A equipe, dirigida por Jeremy Schmutz, concluiu que o cromossomo 5 é um dos maiores do genoma, com 177,7 milhões de “letras”. Esse é o 12º cromossomo a ser estudado em detalhe depois que o genoma humano foi rascunhado, em 2000.

Em compensação, ele é um dos menos “condensados”: só foram achados 923 genes que codificam proteínas, 66 relacionadas a doenças.