Cidades se preparam para o réveillon

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 31 de dezembro de 2003 as 09:24, por: cdb

As principais capitais brasileiras farão grandes festas populares para marcar o início de 2004. Veja abaixo como será a festa em algumas cidades:

Rio de Janeiro

No Rio, onde ocorre uma das maiores festas do mundo, o espetáculo principal será a queima de 150 toneladas de fogos na praia de Copacabana. Espera-se um público de 2,5 milhões de pessoas. A expectativa, no entanto, é que 300 mil pessoas participem da virada do ano em outras partes da cidade.

A festa em Copacabana começará às 19h30. Grupos circenses, de capoeira e de teatro convidarão o público para os shows, que terão a participação de artistas como Sombrinha, Jorge Aragão, Lulu Santos e Los Hermanos. Na praia, haverá 250 banheiros químicos, seis telões (dois em cada palco) transmitindo os shows e 20 torres de som direcionadas para o calçadão.

Nos outros oito pontos da cidade – Ipanema, Flamengo, Barra da Tijuca, Sepetiba, Pedra de Guaratiba, Paquetá e Ilha do Governador -, palcos, batizados com grandes nomes da música brasileira, terão outras atrações musicais, como Lobão, Alceu Valença, Elza Soares, Dudu Nobre e o grupo Fundo de Quintal.

Para garantir a segurança da festa, 8,8 mil policiais foram escalados para trabalhar em todo o Estado. Na capital, a Central de Comando da Operação Reveillon funcionará na esquina das Avenidas Princesa Isabel e Atlântica. Serão empregados 6,8 mil policiais militares, efetivo 20% superior ao utilizado no ano passado. Também funcionarão os postos de saúde locais.

São Paulo
A capital paulista espera pelo menos um milhão de pessoas para a festa de réveillon na Avenida Paulista, no centro. O palco de 800 metros quadrados, com cinco metros de altura, em forma de concha acústica terá espetáculos de Demônios da Garoa, Inezita Barroso, Tom Zé, Cidade Negra e Raimundos.

Após a virada do ano, se apresentarão as velhas guardas das escolas de samba Nenê de Vila Matilde, Rosas de Ouro e Camisa Verde e Branco. Além disso, canhões de luz e um show de dez minutos com oitenta mil fogos de artifício trarão brilho à festa, que dará início às comemorações pelos 450 anos da capital paulista.

A Polícia Militar destacou 1,2 mil policiais para garantir a segurança no evento. Serão utilizadas 70 viaturas, sendo 18 trailers de atendimento à população. Os policiais utilizarão detectores de metais para evitar armas de fogo e outras (facas, canivetes etc).

Na virada do ano, o Metrô funcionará até às 3h de quinta-feira, dia 01° de janeiro. A linha azul (norte-sul), terá 14 trens em circulação, a linha verde (Ana Rosa-Vila Madalena) terá cinco e a linha vermelha (leste-oeste), 12 trens. A Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô-SP) colocará ainda alguns trens de reserva em caso de necessidade.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que os hospitais estaduais atenderão em esquema de plantão para emergências, nos dias 31 de dezembro e 1 e 2 de janeiro. Os Postos de Atendimento Médico atenderão a população até amanhã, às 12h, e fecharão nos dias 1 e 2 de janeiro.

Florianópolis
A festa na capital de Santa Catarina deverá ser marcada por pancadas de chuva e pelos fogos de artifício que serão queimados na Avenida Beira-Mar. Espera-se que 300 mil turistas brasileiros e argentinos visitem as praias do Estado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recomenda aos motoristas que evitem o trecho sul da BR-101, entre Santa Catarina e o Rio Grande do Sul, no próximo domingo, quando encerra o feriadão das festas de final do ano. No dia 28 de dezembro, no último domingo, o movimento foi três vezes maior do que o normal na rodovia, aumentando o número de acidentes.

Porto Alegre
A capital gaúcha programou uma festa popular na Prainha da Usina do Gasômetro, às margens do Rio Guaíba, a partir das 19h. Haverá queima de fogos e shows de bandas e artistas locais como The Travellers, Sucaterê, Renato Borghetti e Conjunto Caravelle.

O movimento nas ruas de Porto Alegre está calmo nesta manh