Cidade Limpa recolheu 3,4 mil toneladas de materiais

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 17 de abril de 2012 as 15:16, por: cdb

Ricardo Boni/SMCS As ações de controle da Dengue serão mantidas com bloqueio e controle de criadouros além de fiscalizaçõesEm um mês, o projeto Cidade Limpa, realizado pelas secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo e Saúde de São José do Rio Preto, em parceria com a TV TEM, com a colaboração dos munícipes, retirou 3.400 toneladas de material inservível. A quantidade é mais de dez vezes superior ao total retirado na última edição da campanha, em 2010, quando foram coletadas 325 toneladas.

O projeto teve início no último dia 12 de março e foi finalizado na sexta-feira, (12/4). A ação teve por objetivo de recolher materiais orgânicos que poderiam servir de locais para a proliferação do “mosquito” palha, transmissor da leishmaniose e descartar potenciais criadouros  do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti.

Para o gerente da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, Frank Hulder de Oliveira, a campanha cumpriu o objetivo. “A ação teve uma grande receptividade da população, que colaborou e eliminou o que não tinha mais utilidade, contribuindo para a prevenção e controle da dengue e leishmaniose”, afirma.

O secretário de saúde de São José do Rio Preto, Dr. Valter Negrelli Júnior, salienta que a intensificação nas ações de controle da dengue continuam no município. “As visitas casa a casa realizadas por agentes de saúde, o bloqueio e controle de criadouros bem como as fiscalizações realizadas por meio das equipes especiais têm sido realizados ininterruptamente”, afirma.

Denúncias
Denúncias de locais que possam servir de potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, podem ser feitas por meio do Disque Dengue, pelo telefone 0800-7705870. A ligação é gratuita.

Andrea Inocente