“Cidade de Deus” ganha o prêmio de melhor filme em Festival de Cartagena

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 7 de março de 2003 as 17:33, por: cdb

O filme brasileiro “Cidade de Deus”, do diretor Fernando Mireilles, ganhou nesta sexta-feira o prêmio “Índia Catalina” de “Melhor Filme” do 43º Festival Internacional de Cinema de Cartagena.

O filme mostra a crueldade nas favelas do Rio de Janeiro e já tinha conquistado o prêmio de Melhor Filme no Festival de Havana.

O júri desta edição do evento era composto pela escritora Jane Chaplin, o diretor alemão Rainer Simon, os escritores colombianos William Ospina e Oscar Collazos, e a diretora do Convênio Cultural “Andrés Bello”, Ana Milena Escobar.

No festival deste balneário colombiano, encerrado esta sexta-feira, participaram filmes de oito países da América e da Europa.

Os outros prêmios Índia Catalina foram dados para:

Melhor trabalho de estréia: “La primeira noche”, de Luis Alberto Restrepo, da Colômbia.

Melhor Fotografia: Sergio García, por “Como el gato y el ratón” e “La primera noche”, ambas colombianas.

Melhor Roteiro: Marcelo Figueras e Marcelo Piñeyro, por “Kanchatka”, da Argentina.

Melhor atriz coadjuvante: Paula Alí, por “Nada”, de Cuba.

Melhor ator coadjuvante: Luis Wigdorky, por “El Leyton”, do Chile.

Melhor atriz: Leonor Watling, por “A mi madre le gustan las mujeres”, da Espanha.

Melhor ator: John Alex Toro, por “La primera noche”, da Colômbia.

Melhor diretor: Fernando Mireilles, por “Cidade de Deus”, do Brasil.

Prêmio especial do jurado: “Histórias mínimas”, de Carlos Sorín, da Argentina.