Cid pensou que ficaria

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 20 de março de 2015 as 09:37, por: cdb
Cid Gomes
Cid Gomes

 

Não  foi  apenas  a  pressão  do  PMDB  que  derrubou  Cid  Gomes  do  Ministério  da Educação. A presidente Dilma decidiu demiti-lo tão logo soube do circo que o então ministro armou na comissão geral na Câmara. Dilma o orientou a se desculpar, mas Cid não seguiu a ordem. O líder do PT, José Guimarães (CE),  telefonou para o ministro Pepe Vargas (Relações Institucionais) e avisou: ‘A coisa degringolou aqui’. Pepe levou a Mercadante  (Casa  Civil)  e  este  a  Dilma,  que  ficou  furiosa.  Cid  foi  convocado  ao Planalto  assim  que  desceu  da  tribuna,  entrou  sorrindo  e  confiante  no  gabinete presidencial, e saiu visivelmente abatido.

 

_______________________________________

Com Equipe DF e SP

Leia agora, diariamente, na Edição Digital do Correio do Brasil, esta e outras notícias do colunista Leandro Mazzini, na Coluna Esplanada.

www.colunaesplanada.com.br
contato@colunaesplanada.com.br
Twitter – @colunaesplanada
Caixa Postal 1980 – CEP 70257-030 – Brasília DF.