CIA diz que Brasil é ‘um ninho para terroristas’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de setembro de 2001 as 16:59, por: cdb

“Temos certeza de que o Brasil está se tornando um ninho para os terroristas”, a afirmação foi feita por um agente do FBI, a polícia federal dos Estados Unidos, ao jornal “Correio Braziliense”.

De acordo com esta fonte, o País tem sido avisado sobre este risco há pelo menos dois anos. Para o FBI e para a CIA, a Central de Inteligência norte-americana, o Brasil está sendo “relaxado demais” no combate ao terrorismo.

Em entrevista à Rede de TV CNN, o presidente Fernando Henrique Cardoso declarou que o governo está atentado ao terrorismo e que não há terroristas na tríplice fronteira. Mas, segundo o agente do FBI, a lista com nomes de terroristas enviadas para que o governo brasileiro investigue já chega a 397 pessoas.

O agente ainda ressaltou que a principal entrada ao País dos grupos terroristas é o Aeroporto de Cumbica, localizado em Guarulhos, Grande São Paulo. Mas ele afirma que o governo não liga e alega que o Brasil nunca foi alvo de ataques terroristas e não irão “compartilhar da paranóia norte-americana”.

Logo depois dos atentados aos Estados Unidos, o município de Chuí tem tido destaque na mídia devido à suspeita de que pessoas ligadas ao terrorismo e com Osama bin Laden estão morando na cidade. Para o FBI e a CIA, os suspeitos de terrorismo se localizam nas fronteiras com Paraguai e Argentina.

A Colômbia também está na mira da polícia norte-americana, que declara ainda que o modo de ser dos brasileiros – que são despreocupados com a origem das pessoas – facilita a presença de terroristas na região. Nas palavras do agente, o brasileiro, mesmo sem conhecer o passado de um novo vizinho, já o convida para tomar café, tornando o País um “paraíso” para quem quer se esconder.

Atualmente, 40 policiais norte-americanos trabalham no Brasil sob o comando de um escritório central, em Brasília.