Chuvas na Região Nordeste devem continuar até o fim de semana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 16 de abril de 2010 as 11:01, por: cdb

As chuvas que castigam o Nordeste brasileiro levaram vários municípios a decretar estado de emergência. Só na Bahia, segundo a Defesa Civil, já são 31. Nos municípios de Simões Filho, Lauro de Freitas, Prado, Gandu e Itapetinga foram registrados os casos mais graves e as prefeituras precisaram pedir itens de pronto atendimento às famílias desabrigadas ao governo estadual.

Há registro de 7.454 desalojados e outros 3.249 desabrigados, ou seja, dependem de abrigos públicos. A Defesa Civil também aponta o registro de 379 pessoas feridas devido às chuvas, além de seis mortes.

A principal área atingida pelas chuvas é o Recôncavo Baiano, que abrange a Região Metropolitana de Salvador e as regiões litorâneas. De acordo com o Centro de Tempo e Estudos Climáticos (Cepetec), as chuvas devem continuar até este sábado.

A frente fria que atingiu a região é a mesma que provocou as fortes chuvas no estado do Rio de Janeiro, uma zona de convergência vinda do Oceano Atlântico intensificou as precipitações. O coordenador do Cepetec, Gustavo Carlos Juan, afirma que as chuvas na região já eram previsíveis.
 
– Nós já havíamos previsto essas chuvas com dois dias de antecedência. Essa frente fria foi a mesma que atingiu o Rio e causou o mesmo impacto nessas regiões pela estrutura geológica de planície que intensificou os estragos, porém não foi capaz de atingir todo o estado.”
 
Em Sergipe, a situação também é complicada. evem ser tomadas para que seja decretada situação de emergência nos municípios.