Chuvas causam morte de duas pessoas em Niterói

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de dezembro de 2007 as 18:04, por: cdb

Duas pessoas de uma mesma família de Niterói morreram na manhã desta sexta-feira por causa de um deslizamento de terra que atingiu a casa onde moravam, no Largo da Batalha, próximo ao bairro São Francisco. Segundo a Defesa Civil Estadual, há uma criança soterrada no local.

Desde quarta-feira, quando começaram as chuvas no Rio, foram registradas 470 ocorrências no estado, principalmente por alagamento. As áreas mais atingidas são a região serrana, São Gonçalo, Niterói e a Baixada Fluminense.

A Defesa Civil municipal do Rio informou que somente hoje foram registradas 32 ocorrências. A maioria, de imóveis com infiltrações.

No Alto da Boa Vista, zona norte da cidade, houve um deslizamento de terra na Avenida Edson Passos. A área já foi liberada e não houve vítimas.

O Viaduto Jardel Filho, em Laranjeiras, teve o trânsito interditado por alguns minutos devido a um deslizamento na rua Soares Cabral.

O aeroporto Santos Dumont fechou três vezes pela manhã para pousos e decolagens. Cerca de 41% dos vôos saíram com atraso, 30% foram cancelados e mais de 40% dos vôos chegaram com atraso no aeroporto.

Uma queda de barreira interditou a rodovia Rio-Santos, na altura do quilômetro 454, em Mangaratiba, no sentido Angra dos Reis.

A Polícia Rodoviária alerta que há ainda possibilidade de novos deslizamentos. Por isso, pede para os motoristas redobrarem a atenção ou evitarem passar pelo trecho.

Nesta manhã, algumas residências ficaram sem luz nas zonas oeste, norte e sul do município do Rio. A assessoria de imprensa da distribuidora de energa Light informou que as linhas de transmissão já foram restabelecidas, mas algumas residências em pontos isolados da cidade ainda podem estar sem luz.