Chuva forte causa alagamento, mas não faz vítimas em Mogi das Cruzes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de março de 2012 as 14:57, por: cdb

A chuva forte que caiu em Mogi das Cruzes na tarde desta terça-feira (13/03) gerou alguns pontos de alagamento pela cidade, mas não houve registro de graves ocorrências, nem vítimas. Equipes da Secretaria Municipal de Segurança, com a Defesa Civil e a Guarda Municipal, além das Secretarias de Serviços Urbanos e Transportes, estão totalmente mobilizadas para prestarem os atendimentos necessários, pela Operação Verão.

Os principais pontos com problemas de alagamentos foram a Praça da Bíblia, na área central, a praça Francisca de Campo Melo Freire, no Parque Monte Líbano e a região da praça Gebrail Sawaya, no Socorro. Nos dois primeiros locais, onde é permitido o estacionamento de veículos, alguns carros foram parcialmente cobertos pelas águas da chuva.

Em Braz Cubas, houve alagamento na proximidade da estação ferroviária e na avenida Francisco Ferreira Lopes, mas a partir das 17 horas, a água baixou e a situação foi sanada. Da mesma maneira, houve represamento de água na avenida Lourenço de Souza Franco, porém o problema foi resolvido rapidamente, assim que diminuiu a intensidade da chuva.

O trânsito de Mogi sentiu os reflexos da chuva e registrou pontos de lentidão. Para controlar a situação, a Secretaria Municipal de Transportes deslocou toda sua equipe de agentes de trânsito para fazer a orientação necessária a motoristas e pedestres.

Há também registro da queda do muro de um imóvel na rua Jardelina de Almeida Lopes, no Alto do Ipiranga, que cedeu em virtude da força da água, mas, mais uma vez, não houve vítimas.

As equipes continuarão nas ruas até que toda a situação esteja normalizada.