Chuva ameaça desfile no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 3 de março de 2003 as 21:14, por: cdb

Uma chuva forte, com raios e trovões, começou a cair na Marques de Sapucaí faltando apenas 30 minutos para o início do último dia de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial, previsto para às 21h. O show de abertura do espetáculo, com a apresentação de dançarinas já foi prejudicado e até o som do sambódromo começou a apresentar falhas.

Desfilam na noite desta segunda-feira seis escolas: Tradição, Estação Primeira de Mangueira, Beija-Flor, Unidos da Tijuca, Porto da Pedra, Mocidade Independente de Padre Miguel e Imperatriz Leopoldinense.

Entre a noite deste domingo e madrugada desta segunda-feira passaram pelo sambódromo Santa Cruz, Salgueiro, Grande Rio, Unidos do Viradouro, Império Serrano, Caprichosos de Pilares e Portela.

Três das agremiações contaram a história de grandes nomes do teatro brasileiro ou farão homenagens a ele.

Os desfiles “culturais” da Viradouro e da Portela foram os destaques da primeira madrugada de desfiles do Rio.

A Viradouro homenageou a atriz Bibi Ferreira, estrela do teatro brasileiro, e a Portela festejou a Cinelândia.