Choque de ordem nas praias do Rio para o verão 2013 é antecipado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 4 de novembro de 2012 as 17:45, por: cdb

Da Agência Brasil
 
Rio de Janeiro – A operação de ordenamento das praias do Rio, realizada desde de 2009 pela Secretaria Especial de Ordem Pública (Seop) da prefeitura, começou com um mês de antecedência este ano. O secretário Alex Costa anunciou as medidas que estão sendo tomadas com o objetivo de ordenar a ocupação das areias até março de 2013.
 
Entre as medidas, a Guarda Municipal do Rio formará 36 barreiras de contenção para coibir o comércio ambulante não autorizado nas imediações das praias e garantir a proibição da prática esportiva (frescobol, altinho, frisbee, entre outras) à beira da água entre 8h e 17h. Durante esse horário, a prática de esportes só será permitida junto ao calçadão.  

O uso de pipas e a presença de cachorros na areia também estão proibidos em qualquer horário. Além disso, os agentes da ordem pública distribuirão panfletos educativos para orientar e reafirmar as ações da fiscalização.
 
De acordo com Alex Costa, “a praia é um espaço democrático” e, por isso, precisa de regras de convivência. “Desde de 2009, nós fazemos esse trabalho de ordenamento, já ordenamos mais de 1.100 ambulantes, e isso é muito importante para a nossa cidade”.
 
A área de atuação da fiscalização é da Praia do Flamengo, na zona sul, até o Pontal, no final do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste. Estão sendo mobilizados 474 agentes, entre guardas municipais, agentes de controle urbano, operadores de reboques e do grupamento de ações especiais da Seop. Nos fins de semana, o efetivo será aumentado e contará com 100 agentes a mais em relação aos dias de semana. Serão destinados 16 reboques para coibir o estacionamento irregular. 

A secretaria ainda aprovou proposta feita pela Associação de Barraqueiros de Praia (ABP) para os novos guarda-sóis das praias, que terão imagens das paisagens da cidade, diferentemente da cor vermelha usada como padrão atualmente. Quem assina as imagens é a designer Leila Fittipaldi, e serão distribuídos gratuitamente aos barraqueiros pela Associação do Comércio Legalizado de Praia (Ascolpra), a partir de 10 de dezembro.
 
Pesquisa realizada pelo Instituto Mapear revelou que 80% dos cariocas que vivem na zona sul aprovam o ordenamento das praias do Rio. O estudo ouviu 451 pessoas entre os dias 19 e 21 de outubro.
 
Edição: Davi Oliveira