China pede que militares ignorem rumor e fecha site de esquerda

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 6 de abril de 2012 as 08:46, por: cdb

China pede que militares ignorem rumor e fecha site de esquerda

Por Chris Buckley

PEQUIM (Reuters) – O principal jornal dos militares da China pediu na sexta-feira que os soldados ignorem rumores da internet e as autoridades fecharam um site de esquerda que criticou publicamente a exoneração do oficial populista Bo Xilai, enquanto o Partido Comunista tenta evitar a agitação por causa da transição na liderança.

O Diário do Exército da Libertação não mencionou os rumores sobre uma tentativa de golpe frustrada em Pequim, que se espalhou pela Internet nas últimas semanas, depois da deposição repentina de Bo – um ambicioso concorrente a um lugar na nova liderança central que deve ser divulgada em um congresso do partido este ano.

Um comentário no jornal, no entanto, não deixou dúvida de que a liderança do partido quer blindar as tropas do Exército de Libertação Popular contra os rumores sobre golpes ou divisões políticas que podem minar a autoridade do presidente Hu Jintão, que também é chefe do partido e presidente da Comissão Militar Central, que comanda o Exército de Libertação Popular.

O jornal advertiu aos soldados para que resistam com decisão à incursão de todos os tipos de ideias errôneas, não sejam perturbados pelo ruído, nem afetados pelos rumores, não sejam arrastados por subcorrentes, e garantam que a todo momento e sob todas as circunstâncias os militares obedeçam em absoluto o comando da liderança central do partido, a Comissão Militar Central e o presidente Hu”.

Reuters