Chega a mil o número de americanos mortos no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de setembro de 2004 as 09:47, por: cdb

O total de norte-americanos mortos no Iraque chegou a 1.000, disse a Casa Branca, cerca de 18 meses depois que forças lideradas pelos Estados Unidos invadiram aquele país para derrubar o presidente Saddam Hussein.

O porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan, disse que os últimos dados do Pentágono mostravam que 997 militares norte-americanos tinha sido mortos no Iraque além de três funcionários civis do Departamento de Defesa. Uma autoridade da Defesa confirmou os dados.

O aumento no total de mortes inclui mais de uma dúzia de militares mortos em tiroteios e ataques de insurgentes desde sexta-feira. Cerca de 7 mil militares norte-americanos já foram feridos desde a invasão.

Com o presidente George W. Bush sob fortes críticas da parte dos democratas –incluindo o candidado à Presidência por aquele partido, John Kerry– pela invasão do Iraque sem o apoio dos principais aliados dos Estados Unidos, a marca de mil mortos pode desempenhar um papel importante no debate que antecede as eleições de novembro.

– Nós lembramos, honramos e pranteamos as perdas de todos aqueles que fizeram o sacrifício máximo defendendo a liberdade. E nós também lembramos aqueles que perderam suas vidas no 11 de setembro – disse McClellan a jornalistas.