Chefe da Cosa Nostra respira por aparelhos em estado vegetativo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 as 11:45, por: cdb

O principal chefe da máfia siciliana Cosa Nostra, Bernardo Provenzano, de 79 anos, está em condições de saúde “desesperadoras”, com poucas possibilidades de sair de um coma, informou a sua advogada, Rosalba Di Gregorio.  Para os médicos que o atendem, são menos de 10% as probabilidades de que Provenzano saia do estado vegetativo. Ele está preso desde 2006 e sua advogada pediu a suspensão do regime carcerário.

– É um custo inútil para o Estado. Atualmente há sete pessoas encarregadas por sua vigilância no hospital – disse a advogada.

Provenzano é o chefe do clã Corleonesi, originário do povoado de Corleone, o mesmo retratado no filme O Poderoso Chefão. O mafioso foi operado de um hematoma cerebral no Hospital de Parma e não responde mais a nenhum estímulo. Segundo a advogada, ele não consegue “respirar de forma autônoma”.