Charlize Theron e Penelope Cruz juntas em filme bem quente

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 11 de setembro de 2004 as 09:27, por: cdb

Ela sai de topless do banho com o namorado da vida real, o bonitão irlandês Stuart Townsend, se veste de couro sadô-masô e dança um tango para lá de sexy com a amante (nas telas, só) Penelope Cruz. Sim, os dias de “monstro” acabaram na vida de Charlize Theron. A conclusão é do jornal “New York Post”, que assistiu em primeira mão o filme “Head in the clouds”, de John Duigan, que será exibido neste fim de semana no Festival de Cinema de Toronto.

Depois da performance premiada com o Oscar em “Monster”, a bela sul-africana volta às telas com um romance de época, no qual vive uma fotógrafa que se encanta com o espírito, digamos, hedonista dos anos 30 em Paris, dividindo sua cama com o professor vivido por Townsend e com a “stripper” encarnada por Penelope.

Prato cheio para a polêmica, o filme mostra sem pudor um beijo de Charlize em Penelope, uma ousada cena de sexo oral com Townsend e casais nus em abundância. Mas é a cena bem quente do banho – na qual a atriz de 29 anos aparece quase completamente nua, a não ser por uma gravata – que promete mesmo chocar os espectadores.

Charlize, que perdeu quase 12 quilos no mês entre o fim das filmagens de “Monster” e o início das de “Head in the clouds”, teve dificuldades em encarar as cenas de sexo com Townsend, seu namorado desde 2000.

“As pessoas dizem que é impossível ter na tela a mesma química que se tem com o namorado fora dela, mas esse filme é diferente, porque fala sobre a destruição do relacionamento”, disse o diretor ao “New York Post”.

Duigan diz que os amantes na vida real estão obviamente muito confortáveis juntos e deram uma “carga erótica genuína” às cenas de amor:

Charlize e Penelope – que tiveram aulas de dança para o filme – também ficaram bem à vontade nas cenas de tango.

“Elas escolheram os papéis, então tinham que estar confortáveis”, explicou Duigan.

À vontade, aliás, pode ser desde já o lema do 29º Festival de Cinema de Toronto, que começou nesta sexta-feira na cidade canadense. A programação prevê uma avalanche de filmes de conotação sexual, desde um caso de amor entre Johnny Depp e Liam Neeson, cenas de nudez frontal de Peter Sarsgaard e Neve Campbell, e Gael Garcia Bernal em cenas de sexo gay. As informações são do jornal “New York Post”.