Charles não vai à TV falar sobre rumor de incidente sexual

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de novembro de 2003 as 20:37, por: cdb

O príncipe Charles, herdeiro do trono britânico, descartou nesta segunda-feira a possibilidade de fazer um pronunciamento extraordinário da TV para negar os crescentes rumores sobre um “incidente sexual” que envolveria um empregado e ele.

A especulação em torno do pronunciamento à nação cresceu depois que, no fim de semana, jornais na Escócia e na Irlanda publicaram detalhes do suposto episódio. Vários jornais europeus já haviam feito o mesmo. Na Inglaterra e no País de Gales, uma decisão judicial impede que a imprensa narre o rumor.

Segundo a imprensa européia, a princesa Diana teria gravado um depoimento em que o ex-empregado George Smith diz ter flagrado o príncipe nos braços de então valete Michael Fawcett em meados dos anos 90. Smith acusa Fawcett de o ter violentado, no palácio, anos antes, e Charles enfrentou suspeitas de ter encoberto o incidente.

O príncipe, que retornou de uma viagem ao exterior de duas semanas, no domingo, vai passar dois dias em sua casa de campo no Oeste da Inglaterra, para traçar uma estratégia diante da acusação que seus assessores chamam de absurda.

Seu filho mais velho, o príncipe William, e sua namorada, Camilla Parker-Bowells, estão com ele em Highgrove, Gloucestershire. Segundo jornais, o príncipe realiza uma série de conferências por telefone com seus assessores de mais alto escalão.

Nesta segunda-feira, o gabinete de Charles disse que ele não planeja tomar medidas judiciais agora ou ir à televisão para reforçar um comunicado, em que negou o incidente sem dizer do que se tratava, divulgado na semana passada.

– O príncipe não planeja uma aparição na TV. O pronunciamento foi feito na quinta-feira e ainda está de pé – disse uma porta-voz. – Não há planos de tomar nenhuma medida jurídica.

Empregados de Charles disseram, antes, ter consultado advogados sobre que tipo de processo se poderia abrir contra Smith.

O próximo compromisso público de Charles é uma visita ao Hospital Real em Chelsea.