CHANCELER URUGUAIO MOSTRA INSATISFAÇÃO COM RELAÇÃO COM ARGENTINA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 7 de abril de 2012 as 11:10, por: cdb

MONTEVIDÉU, 7 ABR (ANSA) – O chanceler do Uruguai, Luis Almagro, assinalou que ainda não há insatisfação na relação entre seu país e a Argentina, apesar de alguns avanços registrados desde 2010.
   
Em entrevista ao jornal uruguaio El País, ele atestou que “a relação evoluiu muito positivamente neste governo”, mas que ainda “não há conformidade com essa relação”.
   
Segundo Almagro, o que impede a melhora nas relações são as medidas protecionistas que o governo de Cristina Kirchner impõe e que têm afetado as exportações de produtos uruguaios ao mercado vizinho.
   
Ele disse que, neste ano, o comércio bilateral adquiriu “características quase esquizofrênicas”, uma vez que em janeiro houve um crescimento de 70% nas trocas comerciais e, em fevereiro, uma queda de 40%. “Temos que ver em março, abril e maio como se estabiliza”, observou.
   
O ministro uruguaio confessou que, o que preocupa seu governo é que, em 2011, “ainda com todo esse crescimento, há temas parciais e não ficaram resolvidos nem saldados, temas em matéria comercial de vestuário, imprensa, bens alimentícios e, neste ano, surgiram algumas dificuldades com o setor automotivo, de autopeças e outros”. (ANSA)