CET prepara recuperação original de bonde escocês

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 4 de abril de 2012 as 12:13, por: cdb

O bonde de origem escocesa que foi o primeiro a retornar às ruas em 2000 quando a prefeitura implantou a linha turística, está quase pronto para voltar novamente ao Centro Histórico, agora com suas características originais.

Há quase um ano em manutenção na garagem da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o veículo de 1911 passa por criterioso trabalho de reconstrução, sob responsabilidade de oito funcionários – eletricistas, carpinteiros, mecânicos, caldeireiro e pintos – que toparam o desafio de iniciar a restauração fiel do centenário bonde.

A partir de uma foto do acervo da Fams (Fundação Arquivo e Memória de Santos), do tempo em que o carro fazia o transporte coletivo na cidade (de 1911 a 1971), o gerente de manutenção da CET, Marcos Rogério Nascimento e sua equipe vislumbraram a possibilidade de estabelecer um novo conceito de recuperação. “Na primeira reforma o resultado ficou muito bonito, mas faltava devolver a identidade histórica de bondes”, comenta Marcos.

Além de detalhes refeitos na carroceria e na dianteira, exatamente como no modelo da primeira reforma, o bonde aberto passa por um trabalho de revisão das peças originais. Nada de substituir o antigo pelo novo sem a preocupação histórica, todos os equipamentos estão sendo reformados ou reconstruídos fielmente. “Estamos aprendendo com o passado para podermos aplicar no futuro. É o conceito do Museu Vivo”, afirma Rogério.

Em até dois meses o veículo volta a circular, como nos tempos em que a cidade centralizava o comércio cafeeiro e as operações portuárias, seguindo os trilhos de uma história que não se apaga com o tempo.