Centrais vão montar agenda do movimento sindical para 2013

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de dezembro de 2012 as 11:47, por: cdb

O movimento sindical termina o ano de 2012 sem conseguir ver votado o fim do fator previdenciário, bandeira de luta da classe trabalhadora, mas já anuncia a disposição de montar uma agenda de mobilização e eventos para pautar as questões trabalhistas junto ao governo federal e o parlamento em 2013.
A Força Sindical anunciou que as centrais sindicais e os movimentos sociais farão um amplo diálogo para realizar, no próximo ano, uma Jornada de Lutas com atos e manifestações por todo o País e a retomada da Marcha dos Trabalhadores em Brasília.

A Jornada de Lutas visa implementar a pauta trabalhista, como matérias de interesse de toda a sociedade, direcionada para o desenvolvimento do País e melhor distribuição de renda, como a redução da jornada de trabalho sem redução salarial, o fim do fator previdenciário, uma política de valorização das aposentadorias, aumento para o servidor público, isenção de Imposto de Renda na PLR (Participação nos Lucros e Resultados), entre outros.

As centrais sindicais criticam o governo federal por se negar a dialogar com os representantes da classe trabalhadora. “Ressaltamos que qualquer projeto de desenvolvimento social e democrático deve incorporar as demandas trabalhistas e sindicais de forma a envolver toda a sociedade em um esforço por uma agenda positiva”, afirmam os líderes sindicais.

E destacam que um dos pilares da democracia é o diálogo produtivo e que o debate de ideias envolvendo todos os representantes organizados só trará benefícios para a sociedade.

Da Redação em Brasília

 

..