CCJ veta tentativa da oposição de convocar a ministra Dilma Rousseff

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 21 de outubro de 2009 as 11:33, por: cdb

Três requerimentos que convidavam a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, para falar à Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJ) foram rejeitados na reunião desta quarta-feira. Os requerimentos receberam nove votos contrários à convocação, quatro favoráveis e uma abstenção. 

O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM), autor de um dos requerimentos, lembrou que em agosto deste ano, em depoimento à CCJ, Lina Vieira disse que a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, chamou-a para uma reunião no Palácio do Planalto, quando teria solicitado que interferisse no andamento de uma investigação tributária que estava sendo efetuada em empresas de um dos filhos do senador José Sarney (PMDB-AP). Como Lina Vieira revelou recentemente à imprensa ter encontrado agenda que comprovaria a reunião, Virgílio defendeu sua volta à CCJ, mas sua proposta foi rejeitada na comissão.