CCJ rejeita emendas à reforma da Previdência

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de novembro de 2003 as 14:16, por: cdb

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado está rejeitando as emendas à proposta de reforma da Previdência. A CCJ rejeitou uma proposta do senador Sérgio Guerra (PSDB-PE) para que o seguro de acidente de trabalho fosse coberto pelo regime geral de Previdência e pelo setor privado.

Também foi rejeitada a emenda do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) que pretendia instituir o registro único para o Regime Geral de Previdência. A CCJ não aprovou ainda emenda do senador Romero Jucá (PMDB-RR), que garante regras especiais para a aposentadoria de policiais. O líder do PSDB, senador Arthur Virgílio (AM), disse que a oposição não tem qualquer esperança de aprovar modificações no texto da reforma da Previdência no âmbito da Comissão de Constituição e Justiça.

A votação das emendas prossegue na CCJ e, como estratégia, a oposição está pedindo que as emendas sejam votadas nominalmente, ou seja, cada senador deve declarar o seu voto.