CBF desobedece Estatuto do Torcedor e é autuada pelo Procon de São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 27 de agosto de 2003 as 23:15, por: cdb

O Procon de São Paulo informou nesta quarta-feira que autuou a CBF por desobediência ao Estatuto do Torcedor nos jogos São Caetano x Fortaleza, disputado no dia 17, no ABC paulista, e Corinthians x Vasco, dia 20, no Pacaembu.

No primeiro caso, a entidade não apresentou o orçamento da partida em seu site, no prazo estipulado. Na segunda partida, a CBF não disponibilizou as informações de regulamento, tabela da competição, forma de contato com o ouvidor, escala de árbitros e lista de torcedores impedidos no lado externo do estádio, em todas as entradas.

A CBF foi autuada e poderá pagar multas que variam de 200 a 3 milhões de Ufirs (cada Ufir vale R$ 1,0461).

Segundo o Procon paulista, a CBF não compareceu, apesar de convidada, a nenhuma reunião durante o processo de adaptação ao Estatuto do Torcedor.

– A CBF é um ator importante no processo de implementação do Estatuto. A entidade deverá se ajustar à nova lei, não tem saída – disse o diretor-executivo do Procon-SP, Gustavo Marrone.