Cauteloso, Guaçuano recebe Desportivo Brasil, que vai para decisão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 21 de setembro de 2011 as 12:58, por: cdb

Pela penúltima rodada da terceira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o Guaçuano recebe nesta quarta-feira, às 21h, no estádio Alexandre Augusto Camacho, em Mogi Guaçu, a equipe do Desportivo Brasil. O jogo é válido pelo Grupo 14 do torneio.

Vindo de vitória e próximo de conquistar sua classificação, o Guaçuano adota a tática de manter os pés no chão, como explica o treinador João Batista. “Demos um passo importante, mas sabemos que ainda não conseguimos nada, até porque qualquer resultado que não seja a vitoria, precisaremos do último jogo. Nós temos um parâmetro, que foi o jogo contra o Fernandópolis, onde o time se comportou bem e conseguimos o resultado. Para nós é tentar repetir essa atuação. Se fizerem isso, ficarei satisfeito”, afirmou.

Para a partida, João Batista não poderá contar com o meio-campista Claudinei, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em seu lugar, Alan deve ser escolhido como o substituto. A confirmação do onze inicial só deve acontecer momentos antes do início do jogo.

Após vencer o Barretos e respirar no Grupo 14, o técnico do Desportivo Brasil, André Prodes, confia na superação dos atletas para engatar o segundo triunfo seguido. “Esses três pontos vieram em um momento decisivo, pois sem eles nossa situação ficaria quase que irreversível. Ainda temos duas partidas e precisamos da mesma garra para vencê-las e não depender de ninguém. O Guaçuano é um grande adversário, porém vamos com tudo ratificar nossas chances de classificação”, afirmou.

Para a partida, André Prodes ainda conta com algumas dúvidas para montar o time titular. O lateral-esquerdo Diego e o atacante Luiz Phellype, saíram contundidos no confronto diante do Barretos e podem ficar de fora. Seus substitutos devem ser Euzébio e Raphael, respectivamente.

Ficha técnica

Guaçuano: Victor; Guilherme Santos, André Luiz, Gustavo e Fábio; Paulo, Alan, Beto e Bruninho; Thiaguinho e Tiago Chulapa.
Técnico: João Batista.

Desportivo Brasil: Juninho; Adriel, Hélio, Richardson e Diego (Euzébio); Bruno Vilela, Diego Santos, Thiago Oliveira e Gabriel Brito; Diego Choque e Luiz Phellype (Raphael).
Técnico: André Prodes.

Árbitro: Marcelo Rogério;
Assistentes: Herman Brumel Vani e Renata Ruel Xavier de Brito;
Quarto árbitro: Thiago de Oliveira Rosa;
Local: Estádio Alexandre Augusto Camacho, em Mogi Guaçu;
Data: 21 de setembro, às 21h.