“Cautela e canja de galinha sempre são uma norma para nós”, diz Palocci

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de maio de 2003 as 04:29, por: cdb

O ministro da Fazenda, Antônio Palocci, disse hoje, que apesar de considerar o debate produtivo para o desenvolvimento do país, não será ele que conduzirá a política econômica do país.

– Cautela e canja de galinha sempre são uma norma para nós – disse o ministro, ao lembrar que apesar de os indicadores econômicos apresentarem melhora, ainda é muito cedo para anunciar queda na taxa dos juros básicos da economia. A taxa dos juros básicos da economia (Selic) está hoje em 26,5% ao ano.

As declarações de Palocci foram feitas após reunião de cerca de duas horas, no Ministério da Fazenda, com o vice-presidente da República, José Alencar.

– Vamos trabalhar muito para chegar lá – disse o bem humorado vice-presidente ao se referir na queda dos juros e diz que a taxa ideal é adotada hoje nos Estados Unidos.