Caso Nardoni: Itagiba alerta para risco de emoção ignorar provas técnicas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de março de 2010 as 16:42, por: cdb

Em pronunciamento no plenário da Câmara Federal nesta terça-feira, o deputado federal Marcelo Itagiba (PSDB-RJ), ex-secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, alertou para o risco de fatores emocionais virem a sobrepujar “as robustas provas técnicas reunidas contra os acusados por peritos e legistas que atuaram na investigação da morte de Isabela Nardoni”.
 
– Como as provas técnicas obtidas demonstram, sem sombra de dúvida, que o crime foi cometido por aqueles a quem a culpa foi imputada, alerto que se, por questões emocionais, o julgamento vier a resultar na absolvição dos acusados,teremos que rediscutir a manutenção do Conselho de Sentença do Tribunal do Júri formado por pessoas leigas –, afirmou Itagiba, que trabalhou 26 anos como delegado da Polícia Federal.
 
Para Itagiba, “a sobrevivência do júri está sendo submetida a um grande teste neste momento em que o julgamento de um crime atroz contra uma criança provocará fortes emoções em seus integrantes, que não poderão deixar, em nenhum instante, de avaliar tecnicamente as provas técnicas reunidas no inquérito”.