Casa de Amparo às Mulheres Vítimas de Violência de Cuiabá recebe doações de livros da Secretaria Municipal de Educação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de março de 2012 as 07:38, por: cdb

Uma parceria entre a Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (SMASDH) e Secretaria Municipal de Educação (SME) deve fortalecer, ainda mais, a ações de fomento à leitura na Casa de Amparo às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica, instalada pela Prefeitura de Cuiabá. Na tarde da última quinta-feira-feira (08.03), a Casa recebeu 200 títulos por parte da Comissão de Direitos das Mulheres da Ordem dos Advogados do Brasil (OB/MT). Dentre as doações estão livros sobre temas na área do Direito, histórias infantis, literatura brasileira e autoajuda.

 “Livros fomentam sonhos. Esse espaço realiza um trabalho de reconstrução e a leitura é fundamental para esse tratamento”, pontuou a secretária de Assistência Social e Desenvolvimento Social, Regina Kaizer. Hoje, a Casa atende a duas mulheres (uma delas grávida e ainda a seu filho de um ano e cinco meses).

Durante a solenidade, a secretária adjunta de Educação do município, Cilene Maciel (que no ato representou a primeira-dama de Cuiabá, Norma Sueli Galindo), pontuou sobre a ideia de realizar mais uma parceria para o fomento à prática de leitura, mas dessa vez envolvendo as bibliotecas públicas comunitárias ‘Saber com Sabor’, que dispõem de mais de 52 mil obras. “É sempre necessário sonhar com coisas boas. Além do que, livros permitem o desenvolvimento de uma série de práticas pedagógicas”.

 A presidente da Comissão de Direitos das Mulheres da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MT), Ana Lúcia Ricarte, explicou que existem pesquisas que evidenciam a necessidade de leitura de obras que remetam a histórias de superação. ‘As mulheres que aqui estão, vivem um momento de transição. Esse é um espaço de interseção. “Já deram um passo e buscam o novo, sem o sofrimento que lhes era imposto”. Quanto a parceria, a advogada frisa que, desde o ano de 2006, a Comissão já realiza trabalhos na Casa de Amparo (como a realização da festa junina e comemoração natalina). ‘Vamos agora trabalhar para decorar todo o ambiente da biblioteca. Já temos mais doações”. Ela ainda frisou que a Caixa de Assistência da OAB se tornou parceira das ações.

 A coordenadora da Casa de Amparo, psicóloga Maria Auxiliadora de Oliveira, chegou a se emocionar durante o evento, e citou que sem o esforço de sua equipe, não poderia cumprir com a missão de ofertar atendimento digno às mulheres que precisam de ajuda.

Fonte:  Patricia Neves (65) 3645-6810