Casa da Mulher oferece cursos de ovos de Páscoa, bombons, trufas e recheios

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de março de 2012 as 14:31, por: cdb

Casa da Mulher oferece cursos de ovos de Páscoa, bombons, trufas e recheios

Escrito por n. comTer, 13 de Março de 2012 17:24

Objetivo é gerar renda para mulheres desempregadas ou que necessitem de complementação salarial

A Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, em parceria com Comitê de Solidariedade dos Funcionários da Sercomtel e com a Economia Solidária, abre inscrições para novas turmas dos Cursos de Ovos de Páscoa, Bombons, Trufas e Recheios.

O objetivo do curso é criar uma alternativa de geração de renda para mulheres desempregadas ou que necessitem de complementação salarial.

Serão oferecidas turmas nos dias 20 e 21 de março, das 13h30 às 17hs, na Casa da Mulher, situada na rua Mário Bonalumi, 633 Jardim do Leste.  As inscrições já estão abertas e são por ordem de inscrição.

Para a secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Sueli Galhardi,o benefícios dos cursos são inúmeros. “A geração de renda alternativa tem ajudado muitas mulheres em seu sustento e a venda de chocolates é uma boa opção para complementação salarial”.

A presidente do Comitê, Sônia Tanaka, comemora a parceria do Comitê de Solidariedade dos Funcionários da Sercomtel com a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres. “Com a união de esforços, podemos alcançar nossos objetivos, que é aperfeiçoar e dar oportunidade para as mulheres se profissionalizarem, entrando no mercado, contribuindo com a renda familiar, conquistando assim sua dignidade e cidadania junto à comunidade”, destaca.

Adelaide Cristina Pereira, aluna de 2011, fez o curso porque estava encostada do trabalho e não estava recebendo. “Com o dinheiro dos chocolates, consegui pagar as contas e, quando voltei para o outro trabalho, continuei pegando encomendas de chocolates para complementar a renda”, informou.

Mônica Lopes Ferracioli diz que o curso veio em boa hora. “O que ganhei com as vendas ajudou no pagamento da faculdade e nas despesas do casamento de minha filha”.

Outra beneficiária, Sônia Gerin Ramos, também, está entusiasmada. “Fiz o curso porque estava desempregada, por três meses, foi o que me sustentou. Este ano pretendo pegar mais encomendas e, no futuro, quero trabalhar só com este ramo”.