Carro-bomba mata 17 pessoas em mesquita de Najaf

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 29 de agosto de 2003 as 10:41, por: cdb

Pelo menos 17 pessoas morreram e 15 ficaram feridas hoje quando um carro-bomba explodiu nesta sexta-feira em frente ao mausoléu de Ali, na cidade santa de Najaf (a 175 quilômetros de Bagdá). Entre as vítimas está o chefe da Assembléia suprema da revolução islâmica no Iraque (Asrii), o aiatolá Mohammad Baqr Hakim.

O ataque aconteceu ao fim da tradicional oração das sexta-feiras, dia de descanso para os muçulmanos de todo o mundo, quando o local estava lotado de fiéis. O carro-bomba estava estacionado em frente à mesquita que abriga o santuário do imã, um dos principais lugares santos dos xiitas.

Testemunhas indicaram que o alvo do atentado era mesmo o líder xiita que viveu 23 anos exilado no Irã. Mohammad Baqr Hakim só voltou ao Iraque após a queda do regime de Saddam Hussein. No último domigo, um primo do religioso, o aiatolá Mohammad Said Hakim, foi surpreendido por um atentado contra sua casa em Najaf. Na ocasião três guarda-costas morreram.

A localidade de Nayaf está dentro da zona do sul do Iraque atribuída à brigada Adicional Ultra, sob comando espanhol.