Carlos Alberto reclama da violência dos adversários

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de maio de 2003 as 22:59, por: cdb

Na volta da delegação do Fluminense de Belém, onde empatou em 2 x 2 com o Paysandu no último domingo, Renato Gaúcho demonstrou irritação com as inúmeras faltas que o meia Carlos Alberto vem sofrendo de jogo para jogo. O técnico afirmou que o meia tricolor está sendo caçado em campo.

– O Carlos Alberto é um patrimônio do clube e temos que defendê-lo. Ele não consegue dar seqüência nas jogadas e os adversários estão fazendo revezamento de faltas. Precisamos alertar antes que quebrem o garoto – avisou.

Carlos Alberto também estava desolado. Na opinião do jogador, há falta de critério por parte dos árbitros na marcação das faltas. Depois de sofrer com as pancadas adversárias, o meia levou cartão amarelo depois de cometer uma infração.

– Passo mais tempo no chão do que em pé. Preciso, ao mesmo tempo, pensar na jogada que vou fazer e num modo de fugir das faltas. O problema é que, quando resolvo ser mais duro na marcação, recebo cartão amarelo – lamentou.