Carla Bruni não quer candidatura de Sarkozy à reeleição

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de março de 2010 as 12:26, por: cdb

A primeira-dama Carla Bruni já bateu o pé e admite que prefere que o marido Nicolas Sarkozy não se candidate para um segundo mandato na presidência da França em 2012.

Ao jornal Le Figaro, a ex-modelo e cantora disse que, apesar de não desejar a candidatura, aceitará bem a situação e as decisões que seu marido tomar.

– Como esposa, realmente não desejo a candidatura. Vou aceitar as decisões, sejam elas quais forem.

Bruni tentou explicar o motivos:

– Pode ser que eu tenha medo por sua saúde, pode ser que eu tenha vontade de viver com certa paz.

Bruni e Sarkozy se casaram em 2008 depois de um curto romance, mas houve ampla especulação na mídia no início do mês de que o casamento estaria sofrendo dificuldades depois que um blog francês divulgou rumores de que ambos estariam tendo casos extra-conjugais.

– Eu desprezo os ditos jornalistas que usam blogs como se fossem uma fonte confiável –, disse Bruni.

Cantora e compositora bem-sucedida com uma série de álbuns em seu nome, Bruni disse que ela estava trabalhando em um novo disco e que sentia falta de se apresentar em público.

Ela também confirmou que apareceria em um filme de Woody Allen, a ser filmado em Paris neste ano, mas ainda não sabia que papel estaria interpretando.

Carla Bruni será a editora-chefe do próximo número do suplemento feminino do jornal Le Figaro.  Ela vai dirigir o suplemento Madame Figaro que estará à venda junto com a edição deste sábado.