Cápsula russa acopla-se à Estação Espacial Internacional

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de abril de 2003 as 08:49, por: cdb

A cápsula russa Soyuz, realizando a primeira missão tripulada desde o desastre do ônibus espacial norte-americano Columbia, em fevereiro, acoplou-se nesta segunda-feira à Estação Espacial Internacional (ISS), anunciaram autoridades do centro de controle de vôo, na Rússia.

Lançada no sábado passado do cosmódromo de Baikonur, na ex-república soviética do Cazaquistão, a Soyuz transportou a nova tripulação da ISS, formada pelo comandante russo Yuri Malenchenko, de 41 anos, e o engenheiro de vôo norte-americano Edward Lu, de 39.

Os dois substituirão o comandante norte-americano Ken Bowersox, o engenheiro de vôo Donald Pettit e o também engenheiro Nikolai Budarin, da Rússia.

“Correu tudo bem. A nave acoplou-se à estação. A tripulação está muito bem”, declarou um porta-voz da agência espacial russa.

A atual tripulação da ISS está na nave desde novembro passado e deveria ter retornado à Terra em março, mas sua volta foi adiada devido ao acidente com o Columbia, em que sete astronautas morreram.

A nova data para seu retorno é o dia 4 de maio, a bordo da mesma Soyuz que está acoplada à ISS.

A Estação Espacial Internacional é um projeto internacional, do qual participam 16 países.