Câncer atingirá 400 mil brasileiros este ano, aponta Inca

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 25 de novembro de 2003 as 15:59, por: cdb

Este ano o câncer irá atacar mais de 400 mil brasileiros (216 mil mulheres e 186 mil homens) segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). De acordo com os médicos, o câncer de pele não melanoma é o que mais atinge homens e mulheres no país. A previsão de diagnóstico é de 82 mil casos este ano.

No caso das mulheres, o câncer de mama é o segundo mais comum e a projeção do Inca é de diagnosticar mais de 41 mil casos. Só em São Paulo serão mais 15 mil casos este ano sendo que deste total 3 mil mulheres morrerão. Portanto, a prevenção continua sendo a mais poderosa arma para evitar o avanço da doença e na quinta-feira, médicos e especialistas estarão mobilizados para o Dia Nacional de Combate ao Câncer.

Segundo especialistas, o câncer de mama é o mais temido pelas mulheres devido à alta freqüência e os efeitos psicológicos que afetam a percepção de sexualidade, além da própria imagem pessoal. De acordo com a Sociedade Americana de Cancerologia, uma em cada 10 mulheres pode desenvolver um câncer de mama durante a sua vida.

Relativamente raro antes dos 40 anos, a incidência da doença cresce rápida e progressivamente após essa idade e é por isso que o exame anual de mamografia passa a ser um dos principais instrumentos de prevenção (além disso, recomenda-se o auto-exame mensal para mulheres de todas as idades, além da visita regular ao médico). O exame, uma espécie de radiografia, é realizado para a detecção de lesões pré-cancerosas e de cânceres de mama.