Caminhão do Peixe está atendendo nas feiras livres

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 as 14:43, por: cdb

Caminhão do Peixe está atendendo nas feiras livres

Escrito por n. comSeg, 27 de Fevereiro de 2012 17:36

Amanhã é a vez da feira livre do jardim Londrilar; receptividade do Programa é boa, principalmente na Quaresma

Atender a população, oferecendo alimento de qualidade a preços adequados é o objetivo do Caminhão do Peixe, que já está vendendo o produto em algumas feiras livres da cidade. Amanhã (28), será a vez da feira livre do jardim Londrilar.

A logística do Caminhão é preparada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA). Os locais são escolhidos de acordo com as questões territoriais e de logística pré-existente, como no caso das feiras livres e do produtor, por já disporem de local fixo, com espaço para estacionamento do Caminhão do Peixe e grande circulação de pessoas.

Segundo a secretária municipal de Agricultura e Abastecimento, Marisol Chiesa, a receptividade do Caminhão é muito boa, “principalmente nesta época da quaresma, onde a população tem o hábito de comer mais peixe. O princípio do programa é oferecer peixe de qualidade e a preços adequados”, disse.
 
“No entanto, alguns locais não podem receber o Caminhão, pois há a necessidade de ter energia trifásica e, na maioria dos lugares, a energia é apenas bifásica. Porém, estamos providenciando adequações para atender outros locais”, concluiu a secretária.

A agenda do Caminhão do Peixe foi estabelecida nas seguintes feiras livres: às terças-feiras, no jardim Londrilar; às quartas-feiras, no jardim Interlagos; às quintas-feiras, no jardim Bancários, e às sextas-feiras, na rua Santos.

O Caminhão do Peixe começou a atuar na cidade, no ano passado, visitando diversos bairros. Filé de costela, Tilápia inteira limpa, porquinho, peixinho, filé e polpa de tilápia, pacu inteiro limpo e em postas são alguns dos produtos comercializados pela Associação Norte Paranaense de Aquicultores (Anpaqui), uma das parcerias firmadas com a administração municipal para viabilizar o projeto à comunidade.

Proveniente do Ministério da Pesca e Agricultura (MPA), o Caminhão do Peixe necessita de uma permissão de uso concedida pelo governo federal ao município, por meio do programa de infraestrutura e fomento “Peixe no Bairro”, com o objetivo de proporcionar aos consumidores um acesso mais rápido e fácil ao pescado com preços mais acessíveis.

Foto: Luiz Jacobs